Leitura: dicas para um hábito saudável

402537_335455616474890_284792741541178_1078813_1387115553_n

Segundo dados da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, de março de 2012, nós brasileiros lemos em média 2,1 livros por ano. É um número bastante pequeno e, considerando que esta é uma média, e que há pessoas que lêem regularmente mais que 2,1 livros por ano, o significado dessa média é que muita gente no Brasil provavelmente não lê sequer um livro por ano (segundo a pesquisa, apenas metade da população do Brasil havia lido algum livro nos últimos três meses).

Por que isso acontece, é um assunto complexo, provavelmente relacionado a diversas condições. Por exemplo, a mesma pesquisa mostra que 75% dos brasileiros nunca visitaram uma biblioteca. A educação pública não abarca, ainda, toda a população em idade escolar. Há prioridades, para aqueles que dispõem de muito pouco, maiores do que o estudo ou a leitura. Portanto, as causas desse baixo índice são relacionadas a questões sociais mais amplas, as quais não serão debatidas em detalhes neste post.

O objetivo aqui é estimular a leitura, sem esquecer das condições complexas que envolvem um hábito aparentemente simples. Mas por que alguém deveria dedicar um tempo de seu dia, alterar sua rotina, para incorporar a leitura dentre suas atividades?

Os benefícios não são poucos. Segundo Ana de Hollanda, a leitura, quando vai além do livro didático, permite a formação do cidadão, dá a ele as ferramentas do conhecimento, permite a ele desenvolver a capacidade de reflexão e análise, de questionar e desenvolver seu pensamento e sua opinião (Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/educacao/brasileiro-le-em-media-quatro-livros-por-ano-revela-pesquisa-4436899#ixzz2SotPhkS5).

Além disso, cada um dos benefícios descritos na imagem acima também podem ser obtidos por meio da leitura. Ela permite “viajar” por diversos universos, e assim ter indiretamente experiências alheias ao cotidiano do leitor, estimulando a imaginação (que contribui não apenas para o lazer, mas para o treino de habilidades úteis na vida pessoal e profissional do leitor). Ter contato com diversas linguagens permite aumentar o vocabulário e, por consequência, escrever e se comunicar melhor. Além disso, como o leitor toma contato com uma maior diversidade de assuntos, temas, registros, adquire um maior conhecimento geral, e facilita a compreensão, por exemplo, de um artigo de jornal, de notícias sobre esses assuntos. E o contato com diversas perspectivas e opiniões auxilia na reflexão e na formação de opiniões com crítica e parcimônia, habilidade útil também ao cotidiano do leitor.

Muitos são os benefícios, e grande parte das pessoas já os conhecem, porém isso não é suficiente para a leitura se tornar um hábito. Então, o que fazer para criar o bom hábito da leitura? Como toda questão de hábitos, a melhor estratégia para se tornar um leitor vai variar de caso a caso. Mas algumas dicas gerais podem ser úteis:

1. Procure saber que tipo de leitura é mais prazerosa para você – romances, humor, quadrinhos, livros históricos, livros técnicos, etc… – e comece por ela.

2. Se você não lê ainda, procure escolher um livro curto, com capítulos curtos, para que você possa passar menos tempo lendo, com a possibilidade de interromper a leitura em um ponto que não quebre o raciocínio do texto (evitando ter que retomar a leitura, por exemplo).

3. Procure um local calmo, em que você se sinta relaxado e confortável (porém não com sono).

4. Tome cuidado com a postura e a iluminação, diminuindo o cansaço durante a leitura (e outros problemas, como dor nas costas, dor de cabeça).

5. Se você não tem o hábito, não leia antes de dormir – pode atrapalhar tanto sua leitura quanto seu sono).

6. Após ler alguns livros mais curtos, durante um tempo curto, e de um estilo que é fácil e agradável para você, tente aumentar o volume e o tempo da leitura e se aventurar por outras temáticas, assuntos e tipos de livros – você pode se surpreender positivamente!

7. Faça da leitura parte de sua rotina, inserindo-a no planejamento de seu dia e evitando “deixar para outro dia” – postergar o início ou dar longas pausas entre uma leitura e outra pode desestimular o hábito de leitura.

Esperamos que essas dicas ajudem! Lembrando que não é necessário ter dinheiro, comprar livros, as bibliotecas são um ambiente muito rico para encontrar praticamente qualquer tipo de leitura.

Como qualquer hábito, ler exige um certo esforço inicial, porém com o tempo, se tornará uma atividade tão recompensadora que se tornará uma de suas prioridades diárias. Portanto, arregace as mangas e mãos à obra (literária)!

***

Vamos conversar? Conte pra gente um pouco sobre suas experiências como leitora ou leitor nos comentários, ou responda nossa enquete abaixo! Teremos prazer em ler e responder!

***

Um grande abraço!

Equipe CooPsi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s